Fly to Grow – Irina Saur-Amaral

Aparte

Irina Saur-Amaral vai-nos sensibilizar para a importância das questões culturais para a adaptação, sobrevivência e crescimento em ambientes internacionais. A cultura é encarada numa perspectiva multifacetada, com enfoque nas PMEs

Foto_Irina
Irina Saur-Amaral é Diretora do IPAM Lab Aveiro – Unidade de Investigação em Marketing e Consumo. É professora adjunta no IPAM Aveiro e professora auxiliar convidada na U. de Aveiro. É tutora da Porto Business School nos programas de gestão de executivos in-company e Magellan MBA. Faz investigação relacionada com a inovação, internacionalização, marketing, gestão do conhecimento, empreendedorismo e turismo há mais de 11 anos. Tem cerca de 100 publicações científicas, sendo autora de sete livros, capítulos de livros nacionais e internacionais, artigos em revistas internacionais indexadas e atas de conferências. Só nos últimos dois anos, tem liderado mais de 10 projectos de marketing, inovação, internacionalização em colaboração com empresas portuguesas e entidades públicas, no IPAM Lab Aveiro.

Anúncios

2º Seminário Fly to Grow

Imagem

Fly to grow – voos rumo à Internacionalização pelo encontro de culturas

17 de abril 2014

Depois de um primeiro voo sobre outras culturas (Fly to grow de 6 de março), um novo itinerário no trilho da internacionalização, com paragem no mundo asiático.

À semelhança do que aconteceu na edição anterior, procuramos reunir informação útil para os empreendedores que queiram lançar-se no desafio de internacionalizar. Mantendo a tónica no factor cultural, abordaremos também a fase da preparação e a importância de uma comunicação eficiente e proactiva.

Como em todos os campos profissionais, também nesta viagem é fundamental preparar-se para as várias etapas que o esperam para que tudo corra bem. É por isso que o Fly to grow se propõe a apresentar dicas e sugestões pela voz de quem é conhecedor do processo, para além das ferramentas a ter em conta na hora de comunicar com parceiros internacionais.

Contaremos ainda com a participação do Centro de Estudos Asiáticos, que irá fazer a ponte entre as culturas ocidental e oriental, e com testemunhos de empresários da área das tecnologias, já com presença internacional.

Ready, set and grow!

Para garantir a sua participação deverá preencher a Ficha de Inscrição

Programa

14h00 Recepção dos Participantes
14h15 Sessão de abertura
Elisabete Rita | Directora Geral da AIDA
14h30 Painel I – Preparar-se para comunicar e negociar internacionalmente
Cultura, internacionalização e inovação: três pilares para o sucesso nos mercados externos
Irina Saur Amaral | Directora IPAM Lab
A Comunicação como parte integrante do processo de internacionalização
Eva Andrade | Gestora de projectos – Universidade de Aveiro
Projecto Fly to grow
Carlos Ferreira | ilimitados – the marketing company®
16h00 Pausa
16h15 Painel II – Comunicação e Cultura em acção
Singularidade do Império do Meio
Carlos Rodrigues |Centro de Estudos Asiáticos
Case studies
Afonso Martins | ElectroREP
           David Cartaxo | RedeRia
Espaço para debate

Fly to Grow – seminário 1

Vídeo

FLY to GROW

Assim foi o Evento Fly to Grow realizado no dia 6 de Março, com organização da ilimitados – the marketing company.

O evento contou com um diversificado leque de oradores que partilharam informação e experiências acerca das relações de negócios em contextos interculturais:
– Natércia Santos, da Direcção Internacional de Negócios da CGD, que apresentou soluções de apoio à internacionalização, nomeadamente através das suas sucursais e parcerias espalhadas um pouco por todo o mundo.
– Gillian Owen Moreira, docente e pró-reitora da Universidade de Aveiro, introduziu o tema das relações interculturais e referiu que as competências necessárias para se relacionar em contexto internacional são de elevada importância.
– Abdelilah Suisse, do Dep. de Línguas da UA, falou-nos da relação de Portugal com os países do Magreb, como Marrocos, Argélia e Tunísia, com os quais já se estabeleceram alguns tratados e acordos que trazem vantagens para os empresários portugueses.
– José Pedro Tavares, correspondente do jornal Expresso e da SIC, falou sobre as relações económicas entre Portugal e a Turquia, bem como as vantagens e desvantagens deste mercado.
– Carlos Ferreira, da ilimitados, apresentou o projecto Fly to grow. Projecto este que consiste na preparação e acompanhamento às PME que querem dinamizar o seu processo de internacionalização.

Por fim ouvimos duas realidades empresariais com diferentes perspectivas em relação à internacionalização:
– Gabriel Castro, da Flor do Sal, falou das dificuldades na criação da sua empresa e vê na internacionalização uma oportunidade para fazer crescer esta nova empresa.
– Victor Condeço, da Lusogolfe, apresentou a sua larga experiência em mercados internacionais, com destaque para a Alemanha, mencionando alguns cuidados a ter.

O balanço do evento foi bastante positivo. Com lotação esgotada, será brevemente agendado um segundo seminário Fly to grow, com novos oradores, representantes de diferentes instituições e empresários do distrito já presentes em vários países.

Fique atento e não perca o próximo voo para o sucesso.

Apanhe o próximo voo com check in às 14h45 no Painel I

Aparte

As relações económicas entre a Turquia e Portugal na voz de José Pedro Tavares

José Pedro Tavares

José Pedro Tavares nasceu na Murtosa em 1968, é biólogo licenciado pela Universidade de Lisboa. Completou o seu doutoramento em ornitologia em 1997 na Universidade de Nottigham (Reino Unido). Em 2013, assumiu o cargo de director da Vulture Conservation Foundation, uma fundação sedeada na Suíça, e com projectos de conservação de abutres em Espanha, França, Alpes, Balcâs e Turquia. Casado com uma cidadã turca, encontra-se a viver em Ancara desde o ano 2000. É correspondente do jornal Expresso e do canal SIC .

–>> inscrições: http://www.facebook.com/events/1449593898605417/

Apanhe o próximo voo com check in às 14h45 no Painel I

Aparte

As “Relações comerciais entre Portugal e o Magrebe” não é um assunto desconhecido para o Prof. Abdelilah Suisse.

Abdelilah
Os fatores culturais na internacionalização” no próximo dia 6 de Março durante o seminário: Fly to grow a decorrer nas instalações da AIDA.

Desde 2004 que o Prof. Abdelilah Suisse está ligado ao Departamento de Línguas e  Culturas da Universidade de Aveiro, onde lecciona árabe. Pertence ao Centro de Investigação em Didática e Tecnologia na Formação de Formadores do Departamento de Educação da UA. É membro do Laboratório Aberto de Línguas Estrangeiras e também colabora com a Universidade Nova de Lisboa e a Faculdade de Letras do Porto.
–>> inscrições: http://www.facebook.com/events/1449593898605417/

Apanhe o próximo voo com check in às 14h45 no Painel I

Aparte

A competência intercultural nas relações internacionais na perspectiva de Gillian Owen Moreira.
Gillian
Dedicado ao tema “Os factores culturais na internacionalização”, o Painel I tem como primeira oradora Gillian Owen Moreira. Docente no Departamento de Línguas e Culturas da Universidade de Aveiro, Gillian falará sobre a competência intercultural nas relações internacionais, desafios e oportunidades.

Gillian Moreira é doutorada em Cultura pela Universidade de Aveiro, tendo-se especializado nas relações culturais entre o Reino Unido e a União Europeia. Presentemente coordena a Área de Estudos Ingleses no DLC e o Comité das Humanidades e Ciências Sociais na EUF-Campus Europae

–>> inscrições: http://www.facebook.com/events/1449593898605417/

Seminário – Fly to Grow

Caro Empresário,

Vivemos numa época em que a diferenciação é um factor decisivo para obter sucesso nos mercados nacionais e internacionais. Contudo, a vertente cultural é um aspecto muitas vezes ignorado na nossa comunicação com o país interlocutor, o que pode condicionar e até comprometer as relações comerciais entre países.

Em qualquer processo de internacionalização é fundamental reunir um conjunto de condições e informações, que potenciem o sucesso das empresas nos mercados internacionais.

No entanto, apesar das evidentes vantagens, a internacionalização implica ultrapassar alguns desafios. Um dos principais, senão mesmo o principal, prende-se, inevitavelmente, não só com a capacidade de entender as realidades, línguas e culturas dos vários países, bem como as suas necessidades, mas também com a capacidade financeira necessária a qualquer processo de internacionalização.

Assim a AIDA em parceria com a Ilimitados e a Caixa Geral de Depósitos, vai realizar  o workshop “Fly to grow”, nas suas instalações, no dia 6 de Março, pelas 14h00, tendo como principais objectivos facultar informação sobre apoios bancários/financeiros à internacionalização,  partilhar diferentes perspectivas sobre o (des)encontro de culturas no universo empresarial e dar a conhecer as dificuldades e as vantagens encontradas no processo de internacionalização através do testemunho de algumas empresas do distrito.

Viaje connosco!

 Para garantir a sua participação deverá preencher a Ficha de Inscrição.

Fly to grow 6 de março